O Banco do Brasil anunciou nesta quarta-feira (17) que está disponibilizando R$ 2,6 bilhões para linhas de crédito para custeio, investimento, capital de giro, aquisição e estocagem para produtores e cadeia cafeicultora.

Deste montante, R$ 1,86 bilhão advêm de recursos próprios do banco e R$ 740 milhões do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), formado por recursos orçamentários do governo federal e que tem o BB como agente financeiro.

A estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a safra 2014/15 de café, divulgada ontem, é de 45,1 milhões de sacas de 60 quilos. Se confirmado o resultado, será 8% menor que o registrado na safra anterior, de 49,15 milhões.

Leia também:  Confira as vagas de emprego desta segunda (18/09/17) em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.