Vilma Bezerra da Silva presa sob a suspeita de autoria do crime – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Vilma Bezerra da Silva presa sob a suspeita de autoria do crime – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

O delegado responsável pela Divisão de Crimes Contra a Pessoa (DCCP), Vinícius Prezoto, apresentou nesta quarta-feira (17) um dos autores pelo homicídio do desportista Valdir Cuiabano, ocorrido em maio do ano passado.

Prezoto explicou que as investigações começaram com dificuldade, pois Cuiabano era uma pessoa pública e querida, o que não sinalizava algum motivo para alguém tirar a vida do desportista. Contudo foi obtido informações que poderia se tratar de um latrocínio e com base nesta linha se chegou aos suspeitos, Vilma Bezerra da Silva, 32 anos, e Leonardo Silva de Souza, 45 anos.

De acordo com os investigadores, com base no histórico do casal, Vilma atraiu Valdir até a residência e durante o roubo possivelmente o desportista teria reagido e Leonardo o feriu com uma paulada na cabeça que o levou a óbito.

Leia também:  Motociclista é preso após furar sinal e colidir com viatura da Polícia
Leonardo Silva de Souza  ainda encontrasse foragido – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Leonardo Silva de Souza ainda encontrasse foragido – Foto arquivo DCCP

Presa inicialmente por um mandado por roubo, Vilma explicou que é prostituta e Cuiabano seria um cliente dela, sendo que no dia do crime, o ex-amásio da suspeita havia chegado na residência quando Valdir estava indo embora e o agrediu. Vindo encontrar Leonardo depois de alguns dias, quando teve conhecimento do assassinato, pois na oportunidade fugiu para não apanhar do ex-companheiro.

Os investigadores procuram por Leonardo que encontra-se foragido, pois também teve a prisão preventiva decretada.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.