O secretário-adjunto de Administração de Mato Grosso, José de Jesus Nunes Cordeiro, e o assessor especial da Secretaria Estadual de Comunicação Social (Secom), Elpídio Spiezzi Júnior, foram presos nesta quinta-feira (18) durante a operação Edição Extra em Cuiabá. (leia mais)

A operação é contra fraude em uma licitação no valor de R$ 40 milhões para a prestação de serviços gráficos ao governo estadual. Além deles, outras quatro pessoas, sendo três empresários e o funcionário de uma gráfica, estão com a prisão decretada.

A fraude, de acordo com investigações da Polícia Civil, teria ocorrido durante a realização da licitação no ano de 2011 para contratação de serviços gráficos para o Estado.

Advertisements
Leia também:  Bebê é atropelado por menino de 11 anos em comunidade rural de MT

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.