Os 77 golpes na cabeça sofridos por Junior Cigano em sua luta contra Stipe Miocic geraram preocupação na Comissão de Boxe e MMA do Arizona, órgão regulador da luta do último dia 13 de dezembro em Phoenix. O peso-pesado brasileiro foi um de oito lutadores a receber uma suspensão médica preventiva de 180 dias, ou seis meses, da comissão após o evento “UFC: Cigano x Miocic”.

A lista de suspensões médicas foi divulgada pela entidade na terça-feira. De acordo com o site “MMA Fighting”, Cigano recebeu uma suspensão de 180 dias e só pode ser liberado para lutar antes se apresentar uma tomografia computadorizada com resultado negativo. Ele também recebeu uma suspensão mínima de 45 dias sem treino de contato por apresentar um corte na sobrancelha direita.

Leia também:  Atletas de Rondonópolis se destacam em competição nacional

Miocic sofreu 78 golpes na cabeça, de acordo com as estatísticas do site “FightMetric”, mas saiu com o rosto menos ferido e, após ser examinado pelos médicos depois da luta, recebeu uma suspensão bem menor que a de Cigano: apenas 45 dias, devido a um corte no lábio superior, além de 30 dias sem treino de contato físico.

Outros dois lutadores brasileiros receberam suspensões médicas após o evento. Cláudia Gadelha, derrotada por Joanna Jedrzejczyk em controversa decisão dividida, recebeu 60 dias de suspensão por causa de um corte na sobrancelha esquerda, incluindo 45 dias sem contato. Já Gabriel “Napão” Gonzaga recebeu 45 dias de suspensão, incluindo 30 dias sem contato, por causa do nocaute técnico sofrido nas mãos de Matt Mitrione. Curiosamente, apesar de vencedor, o peso-pesado americano recebeu 180 dias de suspensão, devido a uma suspeita de fratura no punho direito. Ele deve apresentar um exame que comprove que a região está curada.

Leia também:  Paranatinga | Atleta de Jiu Jitsu conquista duas medalhas de ouro em campeonato internacional

Confira as demais suspensões médicas do evento:

Joe Riggs: Suspenso por 180 dias a não ser que apresente resultado de ressonância magnética para lesão no pescoço
John Moraga: Suspenso por 180 dias a não ser que apresente resultados negativos para mão direita e punho direito
Jamie Varner: Suspenso por 180 dias a não ser que apresente resultados negativos para mão direita e pé direito
Joe Ellenberger: Suspenso por 180 dias a não ser que tenha mão direita e cotovelo direito liberados por ortopedista
Henry Cejudo: Suspenso por 180 dias a não ser que apresente resultados negativos para mão direita e pé direito
Anthony Birchak: Suspenso por 180 dias ou apresentar ressonância magnética negativa para o joelho direito e tornozelo direito
Nate Diaz: Suspenso por 45 dias por cortes na ponte do nariz e na pálpebra direita
Stefan Struve: Suspenso por 45 dias devido a nocaute; precisa de liberação ortopédica; 30 dias sem contato
Dustin Kimura: Suspenso por 45 dias por corte na sobrancelha direita; 30 dias sem contato
Willie Gates: Suspenso por 30 dias por corte na sobrancelha esquerda; 21 dias sem contato
David Michaud: Suspenso por 30 dias por corte na sobrancelha direita; 21 dias sem contato
Garett Whiteley: Suspenso por 30 dias por corte na orelha esquerda; 21 dias sem contato

Leia também:  Público reage e evita prejuízo para o União
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.