Seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos pela Delegacia Especializada dentro da operação “Sicarios”, no caso da morte da jovem Ana Claudia Alves da Silva, de 26, baleada durante assalto em um supermercado no dia 22 de outubro de 2014, no bairro Jardim dos Estados, em Várzea Grande. O roubo tratado como latrocínio terminou com o ferimento de uma segunda pessoa, que ainda está com o projétil alojado no corpo.

A operação “Sicários”, da Polícia Judiciária Civil, busca cumprir 200 inquéritos de homicídios e latrocínios. A ação está inserida na operação “Impacto”, da Secretaria de Estado de Segurança Pública, para os primeiros 100 dias de combate à criminalidade no Estado de Mato Grosso. Rondonópolis será um dos focos na operação.

A operação “Sicários” é realizada em todo o Estado. Na região metropolitana é coordenada pela Diretoria Metropolitana e leva o nome de “Operação Sicários – M”. No interior a supervisão é da Diretoria do Interior com a denominação de “Operação Sicários – I”.

Leia também:  Sumiço de adolescente vista pela última vez entrando em carro de suposto namorado, é apurado pela polícia

O objetivo da busca realizada na manhã desta sexta-feira (23) pelos cinco delegados da DHPP, 12 investigadores e 1 escrivão, em bairros da cidade de Várzea Grande, foi para apreender a arma usada pelos bandidos e coletar novas informações para conclusão do inquérito policial, além de tentar novamente prender o suspeito Edemar Echiarra do Nascimento, 19 anos.

Os policiais estiveram em uma casa com informações do paradeiro do suspeito, mas não foi localizado, continuando foragido o assaltante.

A delegada Anaide Barros disse que um revólver calibre 38 foi encontrado em uma casa. No local uma mulher foi encontrada e conduzida ao Plantão de Várzea Grande, para prestar esclarecimentos, pois alegou que arma seria de seu companheiro e não sabia que estava na residência.

A delegada informou que a arma será encaminhada para confronto balístico na Coordenadoria de Criminalística, da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Leia também:  PM reage a assalto e atira contra suspeitos; um é preso

Nas investigações conduzidas pelo delegado Antonio Carlos de Araújo, três pessoas já foram responsabilizadas pela sequência de fatos e duas tiveram prisão temporária (30 dias) decretadas pela Justiça. Os autores do roubo Braian Junior da Silva Café, 19, que está preso por prisão preventiva, e Edemar Echiarra do Nascimento (foragido) foram indiciados por latrocínio que vitimou Ana Claúdia, e tentativa de latrocínio que lesionou uma outra jovem de 27 anos, que também estava no mercado, e foi atingida por um disparo na região do quadril.

Uma terceira pessoa também foi indiciada homicídio doloso – dolo eventual, por ter assumido o risco de produzir o resultado morte. Trata-se do guarda municipal, Evanildo Laurindo da Silva, 46 anos, que ao reagir ao assalto trocou tiros com os bandidos e um dos disparos atingiu a jovem Ana Cláudia. Exame de balística, da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), realizado na pistola 380 do guarda municipal com o projétil que atingiu a vítima comprovaram que o tiro saiu da arma do guarda, que estaria realizando “bico”, no mercado como vigilante.

Leia também:  Dupla aborda motorista e carro é roubado no Jardim Novo Horizonte

“O guarda municipal é o autor dos disparos que ceifaram a vida de Ana Cláudia. O projetil encontrado no veículo do esposo da vítima foi fundamental para comprovar a arma do crime, a pistola 380 que apreendemos do guarda”, destacou o delegado Antônio Carlos Araújo.

O delegado pediu a prisão dos três envolvidos. Os dois suspeitos do latrocínio tiveram mandados de prisão temporária decretados pela Justiça, mas o guarda municipal não teve a ordem decretada.

No dia 12 de janeiro, o suspeito Braian teve a ordem cumprida. Ele já estava preso desde o dia 24 de dezembro de 2014, acusado de tentativa de homicídio contra a companheira, na Cadeia Pública do Capão Grande, em Várzea Grande. Seu comparsa Edermar Echiara está foragido.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.