Além do desabastecimento que está acontecendo em Mato Grosso – MT, os frigoríficos é outro setor que também está sendo prejudicado no estado pela paralisação dos caminhoneiros. Até o momento os frigoríficos registram prejuízos superiores a R$ 100 milhões.

Os caminhões câmaras frias não conseguem retornar à indústria para realizar novos carregamentos e nem os que transportam animais conseguem voltar às propriedades rurais. Além disso, a falta de óleo diesel faz com que veículos fiquem estacionados nos frigoríficos.

Atualmente em MT existem aproximadamente 41 plantas frigoríficas operando com abates de carne bovina.

“Não estão chegando carretas vazias nos frigoríficos para a realização de novos carregamentos, bem como caminhões que transportam animais não estão chegando às propriedades para buscar os animais para abate” explica o presidente do Sindicato das Indústrias de Frigoríficos do Estado de Mato Grosso (Sindifrigo-MT), Luiz Freitas.

Leia também:  Entidade diz que aumento de tributos prejudica competitividade do etanol

Ainda conforme o presidente, os cumprimentos de contratos de exportação também estão sendo prejudicados. “Não estamos conseguindo levar as carnes para os portos” pontua Luiz durante entrevista a um site de notícias do estado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.