Fachada Câmara Municipal - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Fachada Câmara Municipal – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Boa parte dos vereadores da Câmara Municipal de Alto Taquari, continuam esbanjando o direito de usar as diárias civis. De janeiro à novembro de 2014, os parlamentares já gastaram R$ 105.363,00. Para se ter uma ideia, de 2008 até 2013, os gastos com diárias aumentaram mais de 400%. O recorde é de 2013, onde os vereadores da atual gestão gastaram mais de R$ 207 mil em diárias.

Em setembro do ano passado, o Site AGORA MT noticiou que havia vereador que estava quase dobrando o salário que hoje é de R$ 4.004 mil. De lá para cá, o Ministério Público interviu, mas até agora o processo não teve progresso. Com isso, uma parte dos vereadores continuaram gastando.

Leia também:  Doutor Manoel pode deixar o PMDB e migrar para o Solidariedade

Mas também existe bons exemplos, vereadores que utilizam menos do dinheiro público. E até algo incomum foi encontrado pela reportagem, o vereador João Fábio Carvalho (PSDB), não havia gasto nenhum centavo com diárias até novembro de 2014.

O ex-presidente da Casa de Leis, vereador Rubens Almeida (SDD) é campeão do gasto do erário público. Até novembro de 2014 ele utilizou mais de R$ 23,6 mil no ano, sendo que R$ 5,1 mil são referentes aos últimos quatro meses.

O ranking do ano ainda é seguido por Euds Medeiros (PROS) R$ 20,2 mil; Volmir Ebling (PMDB) R$ 17,6 mil; Ariovaldo José (PROS) R$ 14,1 mil; Elgimar Souza (SDD) R$ 13,3 mil; Ivan Borba (PSDB) R$ 7,7 mil; Leandro Alves (PDT) R$ 7,3 mil; Marilda Garofalo (DEM) R$ 1.290 mil e João Fábio (PSDB) não gastou nada.

Leia também:  Meraldo assume na terça e cidade deve perder representatividade na AL

Todos os dados exibidos nesta nestas reportagens são informações oficiais e foram coletadas no site do Tribunal de Contas do Estado (TEC), existentes no programa Aplic. Link:http://cidadao.tce.mt.gov.br/home/controleSocialDespesa

Os valores das diárias definidos para as viagens também chamou a atenção. Em 2013 se gastava R$ 1.320 para vir até o município de Rondonópolis e R$ 1.980 para a Capital. Hoje, um ano depois, os gastos ficaram mais em conta. Quando deslocados a Rondonópolis, cada parlamentar usa R$ 860 e R$ 1.290 para Cuiabá.

GASTO ANUAL COM DIÁRIAS 
2008 – R$ 24.539,2 mil;
2009 – R$ 131.425,61 mil;
2010 – R$ 187.446 mil;
2011 – R$ 129.749,45 mil;
2012 – R$ 160.146,53 mil;
2013 – R$ 207.990,74 mil
Até novembro de 2014 – R$ 105.363 mil.

Leia também:  Curso é ofertado gratuitamente para o público LGBT

OUTRO LADO

Por telefone, o recém empossado presidente da Casa de Leis, vereador Euds Eucly Medeiros de Oliveira (Pros), afirmou que não irá mudar o método de distribuição das diárias. “A liberação é feita conforme a demanda do parlamentar”, acrescentou.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.