A Argentina vai fabricar drones para colocar a serviço do Ministério da Defesa. A informação foi divulgada nessa terça-feira (10) no Diário Oficial. O programa tem investimento inicial de US$ 238 milhões.

O contrato para a fabricação de aviões não tripulados vai ser firmado entre o Ministério da Defesa e a Invap, empresa do Estado que desenvolve produtos tecnológicos complexos e que desenvolveu o primeiro satélite de comunicações da Argentina, lançado em outubro.

O governo planeja usar os drones – que deverão ter autonomia de 12 a 20 horas – em barcos para buscas no mar.

O projeto deverá ser concluído em 54 meses e inclui a construção de um protótipo e a fase de produção.

Advertisements
Leia também:  Autor de ataque pede bandeira do Estado Islâmico em hospital; Trump defende pena de morte

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.