Foto: Carol Caminha/Gshow
Foto: Carol Caminha/Gshow

Sucesso por mais de uma década, ‘Os Trapalhões’ entraram para a história do humor nacional e conquistaram muitos admiradores. “Nunca me senti um dos Trapalhões, sempre me senti um fã do Mussum, Zacarias e Didi”, afirma Dedé Santana no Programa do Jô.

Segundo Dedé, ele não se considera um palhaço, mas o ajudante de um. “O pessoal sempre dizia que eu era o único que não era engraçado, mas eu estava ali para preparar a piada e não para fazer a graça”, comenta.

A história do grupo começou com a dupla Didi e Dedé e foi tomando forma com o passar dos anos. “Os Trapalhões é uma coisa que veio depois. O Mussum fui eu quem trouxe e o Zacarias foi o Renato (Aragão).”

Leia também:  Rico e Lázaro | Babilônia é invadida pelos soldados do exército Persa

Durante a entrevista com Jô Soares, Dedé Santana conta algumas histórias de bastidores d’Os Trapalhões. “O Didi e o Mussum brigavam muito na brincadeira, mas brigavam. Era muito engraçada essa confusão dos dois, eu me divertia”, conta.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.