A Polícia Judiciária Civil prendeu na última segunda-feira (26), em Pontes e Lacerda, um foragido da Justiça, acusado de ser o autor de pelo menos seis homicídios. O acusado foi identificado como Juarez Francisco dos Santos, 43 anos, conhecido como “Nego Velho’, é investigado pela PJC por envolvimento com crimes de pistolagem e grilagem de terras na região.

Segundo à Polícia, o criminoso é considerado de alta periculosidade, sendo suspeito da morte de 4 pessoas durante uma “chacina” ocorrida no ano de 2010, na região conhecida como Pedro Neca, no município de Porto Esperidião. Além de outros dois homicídios praticados na Colônia de Mineiros, em Comodoro.

O mandado de prisão em desfavor de Juarez foi decretado pela Comarca de Porto Esperidião por homicídio qualificado.

Leia também:  "Família do tráfico" resulta na prisão de dois e apreensão de drogas e menores

A equipe de policiais civis realizava diligências pelo município quando foi descoberto que o procurado estava na região de garimpo ‘Nova Serra Pelada’ prestando serviço de ‘segurança’. Após o trabalho de localização do foragido, a polícia surpreendeu o acusado em uma residência no bairro São José, onde foi cumprida a ordem judicial.

O preso foi conduzido à Delegacia Polícia para interrogatório e em seguida levado ao Centro de Detenção local, ficando à disposição da Justiça.

 A prisão foi realizada pela equipe de policiais civis de Pontes e Lacerda, coordenada pelos delegados de polícia, Felipe Leoni e Gilson Silveira do Carmo, com apoio da Delegacia de Polícia de Porto Esperidião, que colaborou nas investigações.

Leia também:  Ex-detento morre ao levar 4 tiros no Padre Lothar
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.