Mais três novas escolas foram criadas em Mato Grosso e passam a atender os alunos a partir do ano letivo de 2016. As informações sobre as novas unidades escolares constam no Diário Oficial que circula nesta quinta-feira (19).

De acordo com os decretos 331, 332 e 333 assinados pelo governador Pedro Taques e pelo secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto, os processos para criação das escolas seguem a resolução normativa 002/2013 do Conselho Estadual de Educação (CEE).

Conforme o decreto 331, está criada a Escola Estadual Indígena Enawenê Nawê, na terra indígena que deu origem ao nome da unidade, localizada na aldeia Halataikwa, no munícipio de Juína, distante 750 quilômetros de Cuiabá.

Leia também:  Não registrando casos de sarampo há 17 anos, Vigilância Epidemiológica faz alerta e orienta mato-grossenses

O 2º decreto trata da criação da Escola Estadual Aline Maria Texeira, instalada no município de Juruena a 882 quilômetros da Capital. Esta unidade oferecerá educação básica. O último decreto dispõe sobre a Escola Estadual Professora Muralha de Miranda Passos, em Nova Marilândia, cidade distante 226 quilômetros da Capital.

Com os novos decretos, a rede estadual de ensino passa a contar em 2016 com 755 unidades escolas nos 141 municípios. Cabe à Secretaria de Estado de Educação (Seduc) tomar as providências necessárias para o funcionamento destes espaços.

Apesar de não ter conhecimento da demanda oficial nestes municípios, a Seduc já está trabalhando nos processos para aquisição do mobiliário escolar, com base no censo escolar.

Leia também:  Taques começa a semana lançando obras em 12 municípios de MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.