Foto: Reprodução/ Rede Record
Solenir Rodrigues da Silva – Foto: Reprodução/ Rede Record

A Polícia Judiciária Civil (PJC) prendeu no último sábado (12), uma mulher acusada de deixar a filha de cinco meses morrer de fome, na cidade de Pontes e Lacerda (MT). Segundo a Polícia, a acusada Solenir Rodrigues da Silva, 41 anos, foi encontrada em uma boca de fumo, na Vila Guaporé.  A prisão ocorreu em cumprimento ao mandado de prisão preventiva representado pelo delegado Luiz Felipe Nascimento Leoni, pelo crime de abandono de incapaz com resultado morte.

A criança foi encontrada no dia 06 deste mês, por familiares que moram no mesmo bairro. A casa estava trancada por fora.  O laudo da perícia revelou que o bebê morreu de desidratação e estava morta há mais de 24h quando foi encontrada. A criança ficou quatro dias sozinha em casa, sem nenhum tipo de alimentação.

Leia também:  Casal é preso após esconder arma e desacatar autoridade

Na ocasião, Sonelir chegou a ser detida, mas prestou depoimento à polícia e foi liberada.

De acordo com a Polícia Judiciária Civil (PJC), a mãe de 41 anos é usuária de drogas há vários anos e tinha saído para consumir entorpecentes.

Conforme o delegado, a mãe tem outros seis filhos maiores, de pais diferentes, que não moram com ela. O pai do último filho da mulher estava trabalhando em um sítio e havia deixado a mãe com a criança na casa onde moram.

A acusada Solenir deve ser encaminhada para a unidade prisional feminina na cidade de Cáceres (MT), onde ficará à disposição da Justiça.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.