Foto: PM/Divulgação
Foto: PM/Divulgação

Uma mulher de 29 anos foi presa suspeita de aplicar golpes em clientes de um banco em Jundiaí (SP) e tentar subornar policiais militares. De acordo com a PM, ela foi detida dentro de uma agência bancária na Vila Arens no último sábado (30).
A polícia foi acionada por um cliente que desconfiou da mulher que oferecia ajuda para quem precisava usar os caixas eletrônicos. Ao ser flagrada, a suspeita, que mora na capital paulista, ainda teria oferecido R$ 40 mil aos PMs para não ser presa.

Segundo a PM, Maria Elizandro Leandro da Silva, teria instalado um dispositivo conhecido como chupa-cabra que prendia o cartão do usuário no terminal.
Quando os clientes notavam que o cartão estava preso, mas não desconfiavam do golpe, ela oferecia o celular para que a possível vítima falasse com a central de atendimento.
Cartões clonados
Ainda de acordo com as informações da polícia, do outro lado da linha um criminoso ainda não identificado se passava por atendente do banco e pedia informações pessoais e senha para liberação do cartão preso na máquina.
Após isto, ela retirava o cartão do dispositivo, que já havia copiado todas as informações. Os dados seriam usados para clonar os cartões e realizar saques ou compras usando os dados pessoais das vítimas. A mulher foi levada para a Cadeia Feminina de Itupeva (SP) e vai responder por tentativa de furto mediante fraude e corrupção ativa.

Leia também:  Dois alunos baleados por colega em escola voltam às aulas em Goiânia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.