Marcelo Roversi e Caue Martins vão liderar os times de ataque do Cuiabá Arsenal e Corinthians Steamrollers, no jogo de abertura do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano, a Superliga Nacional, em 9 de julho, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), com portões abertos às 16h, início de shows às 17h e começo da partida às 18h. Um confronto entre play books (livro de jogadas ensaiadas) e quarterbacks com características e perfis opostos.

Marcelo Roversi, quarterback principal do Cuiabá Arsenal, nasceu em Jaciara (MT), é engenheiro civil, tem 29 anos, 1,80 de altura, 90 quilos, está com a equipe desde o início (desde antes da criação oficial em 2006) e participou das conquistas dos títulos Pantanal Bowl I (2007), Capital Bowl II (2008), Sorocaba Bowl I (2008), Pantanal Bowl III (2009) e dos estaduais mato-grossenses (2015 e 2016). E, segundo ele, foi atleta de natação por 10 anos e de futebol por 5 anos.

Leia também:  Árbitros de Mato Grosso participam de curso promovido pela CBF

“Tenho como atributos a força, um bom passe e experiência de jogo. Tenho estudado muito o adversário, por meio dos vídeos das partidas deles no estadual paulista deste ano, e participado dos treinos com 100% de frequência. Terei a honra de liderar o ataque nesse jogo tão importante e tenho me dedicado para não decepcionar. Estou bastante motivado também por ter sido, há alguns dias atrás, campeão mato-grossense na minha terra natal e com a presença da minha esposa, filha e família”, comenta Marcelo Roversi, um dos fundadores do Cuiabá Arsenal.

Do outro lado, Caue Martins, quarterback do Corinthians Steamrollers, nascido em São Caetano do Sul (SP), um empresário formado em marketing, com 25 anos, 1,65 de altura, 70 kg, membro do roster da equipe desde 2006 e parte das conquistas de dois títulos nacionais (2011/12) e quatro estaduais (2011/12/13/14). E, segundo ele, foi atleta de vôlei por 5 anos, de basquete por 5 anos e atualmente um dos maiores pontuadores da história do Steamrollers.

Leia também:  União precisa vencer para ficar com título do sub-19

“Minhas principais características são a velocidade, agilidade, experiência, precisão no passe e controle de pocket. Também sou especialista em bootleg. E hoje em dia o jogador com mais jogos pelo time. Lembro de inúmeras partidas e, dentre todas elas, a que mais recordo não foi de uma vitória. Foi uma derrota num jogo válido pelo Torneio Touchdown em 2014, Corinthians versus Flamengo. Fiz um lançamento em uma rota fly para o wide receiver pegar dentro da end zone, mas infelizmente ele dropou e perdemos. Penso como seria se tivesse pego”, conta Caue.

O bootleg citado pelo Caue Martins, é uma jogada desenhada para enganar a defesa e que exige que o quarterback tenha bastante mobilidade. Na maioria das vezes essa jogada combina com play action, que é fingir a entrega da bola para o running back. Nela, ao invés do quarterback simplesmente se virar para o passe, ele vai escapar pelo lado da linha ofensiva e com isso, além dos alvos para o passe, também terá a opção de correr com a bola se o campo estiver aberto.

Leia também:  Copa Federação pode ter jogos às segundas

Ingressos

A partida de Cuiabá Arsenal e Corinthians Steamrollers, em 9 de julho, na Arena Pantanal, tem pontos de venda de ingressos em todas as livrarias Janina, Doctor Feet Goiabeiras, exposição Arsenal no Shopping Pantanal, Japidinho Getúlio Vargas e pelo site MT Ingressos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.