A Polícia Civil cumpriu na tarde desta segunda-feira (4) um mandado de prisão preventiva contra o jovem Jiovane Teles de Menezes, 23 anos, em uma agência bancária de Tangará da Serra (MT). Ele é acusado de jogar óleo quente na companheira após uma discussão entre o casal.

De acordo com a delegada titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher do município, Liliane Soares Diogo, o pedido da prisão se deu em razão da gravidade do crime. “É uma situação muito grave que pode deixar a vítima com lesão para sempre”, frisou a delegada.

Segundo as investigações da Polícia, o caso ocorreu no dia 23 de junho. O suspeito alegou que chegou em casa e a esposa, 19 anos, ainda estava dormindo e não havia preparado o almoço. Os dois começaram a brigar e a mulher foi empurrada. Momento que ela teria dito que queria se separar, em seguida, o suspeito pegou uma panela com óleo quente e atirou contra a companheira que teve cerca de 50% do corpo queimado.

Leia também:  Casal é preso após esconder arma e desacatar autoridade

Ela foi socorrida e encaminhada a uma unidade hospitalar da cidade. Toda a briga ocorreu na frente do filho do casal de apenas dois anos.

Segundo a delegada, o suspeito compareceu um dia após o fato na Delegacia acompanhado de um advogado. O mesmo alegou que ‘perdeu a cabeça’ e que teria tentado socorrer a mulher jogando água fria nela para aliviar a dor.

O suspeito disse que fugiu assim que uma vizinha chegou a casa e começou a prestar ajuda. “No dia fizemos diligências para prendê-lo em flagrante, mas ele não foi encontrado”, finalizou a delegada.

O suspeito está preso no Centro de Detenção Provisória de Tangará da Serra.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.