Na última quinta-feira (18), um detento causou queimaduras de segundo grau em um colega de cela ao jogar água quente no homem. O crime aconteceu dentro do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, localizado a cerca de 7000 km de distância de Salvador.

Reprodução/Record Bahia
Reprodução/Record Bahia

Segundo informações da polícia, o agressor esperou a vítima dormir para esquentar a água e cometer no crime. O homem identificado como Alexandro Souza Ribeiro sofreu queimaduras no braço e no tórax, e precisou ser socorrido para um hospital da cidade, onde recebeu atendimento médico.

Os presos foram encaminhados até a delegacia de Teixeira de Freitas e prestaram depoimento sobre o caso. A polícia informou que os dois teriam discutido dias antes da agressão acontecer.

Leia também:  Homem agride filho de 5 anos com socos e chutes por fazer xixi na cama
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.