A Polícia Civil do Piauí pediu a prisão preventiva do suspeito de estuprar a própria mãe de 80 anos. O homem foi preso em flagrante no dia 1ª e confessou em depoimento que praticou o crime, ocorrido na cidade de Monte Alegre, no Sul do estado.

Divulgação
Divulgação

De acordo com o delegado Welton Martins, o caso já foi encaminhado para o poder judiciário, que vai decidir se mantém o suspeito preso. “Após o flagrante, os autos foram enviados para a Justiça e nisso já pedimos a prisão preventiva”, disse.

O delegado contou para o G1 que vizinhos da idosa foram ouvidos e disseram que já suspeitavam que a idosa estava sofrendo abusos. “Eles, de forma geral, já achavam que algo estava acontecendo. A investigação está seguindo normalmente e agora queremos escutar a vítima. Ela está internada e vamos esperar ela ficar melhor para pegarmos seu depoimento”, contou Welton Martins.

Leia também:  Tia é a principal suspeita de ter matado criança de 6 anos com bolo envenenado

O diretor do hospital regional de Bom Jesus, Helder Meneses, disse que um exame médico comprovou a prática do estupro. “Foi feito um exame e constatado o estupro de vulnerável. Não temos dúvidas que a idosa foi estuprada, pois a análise médica e o exame feito são claros e mostram que ocorreu violência sexual conta a idosa”, disse.

Ainda segundo o diretor do hospital, a mulher está internada porque sente dores nos seios, tórax e na genitália. “O estado de saúde dela é estável, porém segue internada e sem previsão de alta médica. A senhora ainda está bem debilitada e precisa de cuidados. Ela já havia sido internada aqui no hospital de Bom Jesus outras vezes por problemas decorrentes da idade”, falou Helder.

Leia também:  TRF reduz pena de condenados na Lava Jato
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.