O ‘Dia D’ da vacinação antirrábica será neste sábado (17) em todas as unidades de saúde de Rondonópolis das 7h às 17h. Cães e gatos com idade mínima de quatro meses devem ser vacinados. Cadelas no cio, prenhas ou amamentando também precisam da ação preventiva. O município deve cumprir a meta determinada pelo Ministério da Saúde que prevê a imunização de 80% dos animais, ou seja, 26 mil cães e 3,6 mil gatos.

O gerente do Departamento de Saúde Coletiva Edgar Prates diz que o Estado está há mais de 15 anos sem registrar casos, mas que a vacinação é um cuidado que não deve ser desprezado, principalmente, para manter os índices positivos e que a prevenção é o melhor caminho para isso.

Leia também:  Modo de encantar clientes da Disney será tema de palestra da CDL

Raiva
A raiva é uma zoonose (doença transmitida aos humanos pelos animais) causada pelo Rhabdovirus, que não tem cura e é quase sempre letal. A doença pode atingir todos os mamíferos de sangue quente, até mesmo o homem, e no meio urbano, o principal e maior transmissor da raiva para o ser humano é o cão.

Os sintomas do animal raivoso são caracterizados pela perda do apetite, baba frequente, permanência em locais isolados e escuros, cansaço, permanecendo sempre no chão. Após a mordida, a vítima deve procurar a Unidade de Saúde mais próxima, em até três dias, para iniciar o tratamento de profilaxia da raiva. O animal deve ficar isolado em um local seguro para observação.

Leia também:  Rondonópolis | Empresa inova e doa mudas de árvores para comemorar Semana do Meio Ambiente
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.