O ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), deixou claro que sua prisão não passa de uma perseguição política. Ele tem falado em seus depoimentos que seu nome virou senha para delatores saírem da prisão.

“Estou aqui preso há quase um ano, vou provar que estão todos mentindo quando envolvem o meu nome e o de minha família para forjar que eu montei uma quadrilha para roubar Mato Grosso. Meu nome “Silval Barbosa” virou uma senha de acesso à liberdade para aqueles que estão presos”, disse.

Silval afirma que está sendo injustiçado, já que todos estão livres e ele continua na prisão. “É um processo complexo onde as pessoas não falam a verdade que tem que ser dita. Já mostrei as contradições e pedi a doutora Selma Arruda minha soltura, pois não é justo o que estão fazendo comigo. Aqueles que vieram aqui e assumiram que cometeram crimes estão todos em liberdade”, reclamou o ex-governador.

Leia também:  Daltinho sente a derrota para Pátio
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.