Um avião do Ministério da Defesa russo com 39 pessoas a bordo fez um pouso de emergência na região de Iacútia, na Sibéria, nesta segunda-feira (18). De acordo com o governo, todos os ocupantes da aeronave sobreviveram, sendo que 32 pessoas ficaram feridas, 16 em estado grave. O ministério chegou a divulgar que 27 pessoas teriam morrido, mas corrigiu a informação.

Imagem: avião cai e todos sobrevivem na russia
Reprodução

O modelo militar IL-18, um quadrimotor turboélice, transportava 32 passageiros e sete tripulantes. A decolagem ocorreu na cidade de Kansk e a queda foi por volta das 4h45 no horário local (23h45 de domingo, em Brasília), perto do distrito de Bulun, no extremo oriente do país, a cerca de 35 km da cidade de Tiksi, às margens do mar de Laptev.

Leia também:  Tiroteio em boate do Paraguai deixa 4 brasileiros mortos e dezenas feridos

Um porta-voz dos serviços de emergência disse à agência “Interfax” que uma falha técnica ou as más condições do tempo reinante na área podem ter sido as causas do acidente. A aeronave se despedaçou em três partes.

Segundo o governo, 32 ocupantes do avião foram levados em helicópteros para um hospital de Tiksi e aqueles feridos que estejam em condições de ser transportado serão transferidos para centros médicos de Moscou e São Petersburgo. A Reuters informou que 23 dos feridos permanecem internados.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.