Imagem: Vaquinhas da IFMT
Animais eram usados em aulas práticas e na produção de leite para a escola (Foto: Reprodução)

Parte do gado leiteiro da escola agrotécnica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT), no campus São Vicente, que fica na BR-364, no município de Campo Verde, foi furtada no domingo (26), segundo a unidade escolar. De acordo com o professor André Andrade, responsável pela fazenda onde os animais estavam abrigados, o gado era utilizado nas aulas práticas da escola e na produção de leite da unidade.

Segundo a unidade escolar, foram levadas 12 vacas leiteiras que possuem marcas de fogo nas faces e as iniciais IF nas pernas. Ao todo, mais de 80 animais ficavam armazenados em um pasto na fazenda da escola.

Leia também:  Implantação de Semáforos inteligentes devem começar nesta segunda (13)

Um boletim de ocorrência foi registrado para denunciar o furto. Segundo Andrade, foram notadas marcas de pneu próximas do local onde os animais estavam. “São animais dóceis, fáceis de serem embarcados e transportados”, afirmou.

As suspeitas são de que os animais sejam vendidos para produtores de leite da região ou encaminhados para abate. “As vacas furtadas estavam magras e não tinham condições de serem abatidas”, disse Andrade.

Segundo o veterinário da unidade escolar, Faber Monteiro, recentemente as vacas furtadas passaram por procedimento de inseminação para melhorar o rebanho da fazenda. A estimativa é de que cada animal esteja avaliado em R$ 7 mil. Ao todo, o prejuízo gira em torno de R$ 84 mil.

Leia também:  Criminosos rendem vigia e ateiam fogo em Prefeitura de Nova Bandeiras
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.