Líder sul coreana deposta, Park Geun hye, chega à sede da procuradoria, em Seul - Foto: Kim Hong-ji/Pool AP
Líder sul coreana deposta, Park Geun hye, chega à sede da procuradoria, em Seul – Foto: Kim Hong-ji/Pool AP

Coreia do Norte disse nesta quarta-feira (28) ter emitido uma ordem permanente para a execução da ex-presidente da Coreia do Sul Park Geun-hye e de seu chefe de espionagem pela tentativa de assassinar o líder norte-coreano, Kim Jong Un.
A agência de notícias oficial da Coreia do Norte, KCNA, disse que “revelações mostraram” que Park tinha arquitetado um plano para matar a “liderança suprema” norte-coreana em 2015, e que o país está impondo a “pena de morte à traidora Park Geun-hye”.

A KCNA não revelou a fonte da informação, mas um jornal japonês informou nesta semana que Park tinha aprovado em 2015 um plano para derrubar o líder do regime norte-coreano, Kim Jong Un.
Park foi deposta em março devido a um escândalo de corrupção e está detida enquanto aguarda o julgamento.

Leia também:  Pena de morte será aplicada para quem usar de blasfêmia em Mauritânia

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.