Em diligência na região do bairro Jardim Alvorada, na Capital, policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), da Polícia Judiciária Civil, efetuaram a prisão em flagrante de S.D.M, de 50 anos, por uso de documento falso. O flagrante ocorreu na última terça-feira (11).

O homem estava parado, em via pública, com o motor ligado quando foi abordado pelos policiais. Ao ser solicitado a documentação do veículo, S.D.M apresentou aos policiais um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) falso.

Encaminhado a Delegacia, onde foi registrado o Boletim de Ocorrência, S.D.M, negou que o documento fosse falso. Na análise primária realizada na delegacia, foi percebido que o documento apresentava uma superfície adversa, o que levou a constatação da falsificação.

Leia também:  Campo Novo do Parecis | Dupla é presa após recolher entorpecentes lançados de aeronave

Nestes casos, a pena é privativa de liberdade (ultrapassa 4 anos) e inafiançável, informou o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, que o encaminhou o indivíduo para audiência de custódia.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.