Imagem: IMG 20181219 WA0001
Fernando Veríssimo de Carvalho – Foto: Xtudoribeirão

O médico Fernando Veríssimo de Carvalho, 28 anos, foi transferido para a 1ª Delegacia de Polícia (1ª DP) em Rondonópolis, na madrugada desta quinta-feira (20), depois de ser detido em cumprimento de um mandado de prisão, realizado pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) com apoio da Polícia Militar (PM), na cidade de Ribeirão Preto, em São Paulo. (Veja aqui)

De acordo com os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO) do Estado de São Paulo: 2519/2018, a prisão do médico foi acompanhada pelo Ministério Público de Rondonópolis em decorrência do mandado de prisão preventiva, expedida pela Vara Especializada de Violência Doméstica Familiar Contra a Mulher de Rondonópolis.

As investigações conduzidas pela Polícia Judiciária Civil (PJC) apontaram para a autoria do suspeito no feminicídio contra a vítima Beatriz Nuala Soares Milano, 23 anos, ocorrido em 24 novembro em Rondonópolis. A vítima estava grávida de aproximadamente cinco meses e o laudo pericial de necropsia, realizado pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), constatou que a vítima havia sofrido traumatismo craniano.

Com o resultado do laudo, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva contra o suspeito, sendo deferida pelo Judiciário e cumprida nesta quarta-feira (19) em São Paulo.

As diligências para a captura do investigado envolveram trabalho conjunto entre a PJCMT e a Polícia Militar de São Paulo, com apoio do Ministério Público dos dois Estados.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.