- Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO
Novo reajuste no valor do gás de cozinha – Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO

A partir desta terça-feira (5), o botijão de até 13 quilos de gás liquefeito de petróleo (GLP) residencial ficará mais caro. A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (4) que o novo preço médio do produto será de R$ 25,33.

No último ajuste, feito em novembro do ano passado, o preço determinado foi de R$ 25,07. O produto tem reajustes trimestrais. Conforme a Petrobras, a metodologia de reajuste trimestral tem o objetivo de suavizar os impactos da transferência da volatilidade externa para os preços domésticos.

Em Rondonópolis, através de uma pesquisa feita em 10 estabelecimentos da cidade foi possível constatar que preço mínimo encontrado no botijão foi de R$ 100. O produto é encontrado a R$ 100, R$ 105 e chega em até R$ 110.

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que o reajuste vai variar entre 0,5% e 1,4%, de acordo com o polo de suprimento. O Sindigás calcula que o valor do GLP empresarial está 13,4% acima do GLP para embalagens até 13 quilos.

Em nota, a Petrobras informou que a alta será de R$ 0,26, ou 1,0% em relação aos preços vigentes desde o último reajuste, em novembro de 2018. A desvalorização do real frente ao dólar foi o principal fator para a alta.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.