Imagem: AGRESSOR RONDONOPOLIS
Vítima relatou que foi obrigada a praticar sexo com o agressor – Foto: divulgação/PM

Ajudante de Pedreiro de 47 anos tentou matar a própria esposa a pauladas em seguida estuprou a vítima nesta sexta-feira (8), em Rondonópolis (MT). O agressor já havia sido conduzido à delegacia na última quarta-feira (7) por agredir a mulher. Porém, foi ouvido e solto pelo delegado plantonista.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher relatou que desde que o homem identificado apenas pelas iniciais E.R., saiu da delegacia, vem a ameaçando, inclusive de morte. Na madrugada desta sexta-feira, o homem, aparentemente bêbado, voltou para casa, quebrou a porta e deu três socos no rosto da companheira. Um acertou o nariz da vítima.

Ela relatou ainda  que foi obrigada a praticar sexo com o agressor. Ao amanhecer, a mulher procurou o Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no bairro Vila Operária, onde contou sobre as agressões e estupro. A Polícia Militar foi acionada por funcionários da unidade. No local a PM ouviu a vítima e foi até a casa prender o suspeito.

Em diligências, o suspeito foi localizado dormindo na residência do casal, no bairro Padre Rodolfo e conduzido à Central de Flagrante. O delegado manteve a prisão do homem com base na lei Maria da Penha.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.