17 de abril de 2021
Mais
    Capa Destaques Polícia prende três “tornozelados” por tráfico de drogas
    TRÁFICO DE DROGAS

    Polícia prende três “tornozelados” por tráfico de drogas

    Eles foram presos quando os policiais realizavam rondas para localizar os matadores da presidente do Sanear, Terezinha Silva

    Imagem: Tornezelados presos Polícia prende três “tornozelados” por tráfico de drogas
    Os três suspeitos foram presos no Parque São Jorge em flagrante por tráfico de drogas – Foto Varlei Cordova/AgoraMT

    Policiais da Força Tática da Polícia Militar prenderam três homens em flagrante por tráfico de drogas. A prisão aconteceu no bairro Parque São Jorge, em Rondonópolis, na tarde dessa sexta-feira (15), e os três suspeitos usavam tornozeleiras eletrônicas.

    De acordo com o tenente coronel Cândido, comandante da Força Tática, os policiais chegaram até os três acusados de tráfico quando faziam buscas à procura dos dois homens suspeitos de terem matado a presidente do Sanear, Terezinha Silva, crime ocorrido na manhã de hoje. “Devido ao crime que aconteceu nessa manhã, eu determinei que as guarnições intensificassem as abordagens, no intuito de prender aqueles dois homicidas. Nós recebemos a informação de que uma moto vermelha estava estacionada em frente de uma casa, moto essa que condizia com as condições da outra moto que cometeu o crime pela manhã. Porém, quando adentramos aquele local, nós encontramos três tornozelados. Vale ressaltar que eles nada têm a ver com o crime que aconteceu de manhã, porém consumindo entorpecentes e vendendo entorpecentes”, contou o policial.

    Com os três suspeitos, os policiais apreenderam uma certa quantidade de uma substância aparentando ser maconha e R$ 1 mil, dinheiro considerado fora da realidade dos três, o que para o comandante da FT caracterizaria o tráfico de drogas, crime pelo qual foram presos em flagrante.

    Reincidentes no crime, os três usavam tornozeleiras eletrônicas que em tese servem para monitorar os seus movimentos, mas os equipamentos estavam desligados, o que para o comandante da FT poderia significar que os mesmos poderiam sair da casa para cometerem outros crimes.