24 de junho de 2021
Mais
    Capa Destaques Mendes teme 3ª onda e “prevê” caos gigantesco na saúde e economia
    CEPA INDIANA

    Mendes teme 3ª onda e “prevê” caos gigantesco na saúde e economia

    Governador citou aumento de casos, além de nova alta em ocupação de UTIs

    Imagem: MauroMendes scaled Mendes teme 3ª onda e “prevê” caos gigantesco na saúde e economia
    O governador Mauro Mendes, que demonstrou preocupação com terceira onda da Covid – Foto: Assessoria

    O governador Mauro Mendes (DEM) demonstrou grande preocupação com a possibilidade de uma terceira onda da Covid-19 já ser uma realidade em Mato Grosso.

    Um dos principais motivos de apreensão e que acendem um sinal de alerta diz respeito a circulação no País da variante indicada do vírus. A nova cepa é considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como “um risco global”.

    “Tem algo diferente voltando a acontecer… e essa terceira onda, com essa cepa indiana, que, muito provavelmente já entrou no País, foi um descuido gigante”, disse Mendes.

    “Deveríamos ter isolado todas as pessoas que estiveram na Índia para evitar que a cepa entrasse no País. Isso pode fazer um estrago gigantesco na saúde, na vida e na economia do País”, emendou.

    As declarações foram dadas nesta terça-feira (25), em entrevista concedida à Rádio Bandeirantes.

    Na ocasião, o governador voltou a tratar de números relativos à pandemia em Mato Grosso e que sinalizam uma piora no cenário epidemiológico no Estado.

    “Se vai ou não ter [terceira onda], é até ruim falar isso. Mas, contra dados não há argumentos: e o dado real é que o nível de contaminação está crescendo no Brasil todo e em Mato Grosso voltou a crescer”, disse.

    “A taxa de ocupação das UTIs, que ficou um bom tempo acima dos 90% começou a cair nas últimas semanas, chegou a 73% e agora voltou a subir e já está acima de 80% novamente O número de casos diários está crescendo. É fato que a contaminação está aumentando no nosso Estado e, pelos números divulgados, está crescendo em todo País”, concluiu ele.

    Números da pandemia

    Até a tarde desta segunda-feira (24), Mato Grosso contabilizou 395.276 casos da Covid-19 em Mato Grosso, com 10.706 óbitos.

    Até ontem, a taxa de ocupação estava em 87,43% para UTIs adulto e em 38% para enfermarias adulto.