03 de agosto de 2021
Mais
    Capa Notícias Brasil Babá tira bebê da boca de jacaré durante ataque em Goiás
    BRASIL

    Babá tira bebê da boca de jacaré durante ataque em Goiás

    O braço da criança ficou bastante machucado e o menino passou por cirurgia para reconstrução do membro

    Imagem: cats 4 Babá tira bebê da boca de jacaré durante ataque em Goiás
    Bombeiros no local do resgate – Foto: CBMGO

    Um bebê de 1 ano e 8 meses foi socorrido na tarde desta quarta-feira (23/6) depois de ser atacado por um jacaré, na Lagoa Grande, no município de Porangatu, norte goiano. Ao médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a mãe da criança relatou que a babá tirou o menino da boca do animal.

    De acordo com o Corpo de Bombeiros, o bebê foi socorrido inicialmente pelo Samu e levado ao Hospital Municipal.

    Posteriormente, o menino foi encaminhado para Uruaçu e levado de helicóptero para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol).

    “Segundo a mãe, a babá literalmente tirou ele da boca do jacaré. O animal arrastou ele para água se debatendo e ela o salvou“, disse o médico do Samu Juliano Ferreira ao portal G1. Ainda de acordo com o médico, o braço da criança ficou bastante machucado e ela passou por cirurgia para reconstrução do membro.

    Em nota, o Hugol informou que o bebê tem estado regular, está consciente e respirando espontaneamente.

    Incidente
    Por meio de nota, a Prefeitura de Porangatu lamentou o incidente e afirmou que, embora a espécie do réptil não apresente riscos aos humanos, é importante tomar cuidados e se afastar dos animais. Conforme a Secretaria Municipal de Turismo e Meio Ambiente (Semma), placas informativas foram solicitadas em maio deste ano para notificar turistas sobre cuidados com o passeio no local.

    “No planejamento ambiental e no plano de governo, será feita a revitalização da Lagoa, na qual está incluída a logística do manejo de capivaras e jacarés”, diz o informe.

    Ainda de acordo com a pasta, a praia da lagoa foi fechada ao público e a orientação é para que os cidadãos não acessem a área da orla e não alimentem os animais.

    Jacaré à vista
    Em fevereiro deste ano, um jacaré foi flagrado passeando em frente à cantina da Universidade Estadual de Goiás (UEG), no município do norte de Goiás. A informação de funcionários da unidade universitária é que não é rara a aparição de animais silvestres no local.

    Além de exemplares do réptil, já teriam passeado por ali capivaras e até mesmo uma raposa. O fato é atribuído à proximidade com a Lagoa Grande.