Mais
    Agora MT Brasil Verão acende alerta para Dengue, Zika e Chikungunya
    CUIDADOS

    Verão acende alerta para Dengue, Zika e Chikungunya

    Transmitidas por mosquitos, doenças tornam-se mais recorrentes devido ao aumento das chuvas durante a estação mais quente do ano

    Imagem: Combate ao mosquito da dengue
    Combate a dengue- Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

    Com a mudança da estação e a chegada de um período mais quente e com muitas chuvas, os números de casos de Dengue, Zika e Chikungunya voltam a crescer.

    Para alertar sobre a prevenção dessas enfermidades, que podem levar à morte em casos mais graves, o infectologista Marcus Vinicius Mario Miranda, fala sobre prevenção, sintomas e tratamentos.

    Por que essas doenças são mais comuns no verão?

    Por conta do maior índice de chuvas que temos nessa época do ano, temos um maior acúmulo de água parada, que pode ajudar na reprodução do mosquito transmissor dessas doenças.

    Segundo o especialista, é importante ficar atento aos sintomas que podem variar nos adultos e nas crianças. “Nos adultos é bem comum a ocorrência de febre alta (entre 39 e 40 graus) associada à dor de cabeça, prostração, dores musculares e nas articulações, bem como atrás dos olhos, vermelhidão no corpo e coceira. Nas crianças a febre alta pode vir acompanhada de apatia, sonolência, recusa da alimentação, vômitos e diarreia”, alerta.

    E o tratamento?

    Não há tratamento específico contra os vírus que causam essas três doenças. A ingestão de muito líquido é fundamental para a recuperação do corpo e evitar a desidratação.

    Utilizamos também medicações sintomáticas contra a febre, dores e vômitos devendo ser evitado o uso de medicamentos como ácido acetilsalicílico e de anti-inflamatório, por interferirem no processo de coagulação do sangue.

    Há como prevenir?

    A melhor forma de prevenção é combatendo os criadouros de mosquitos que são os locais de acúmulo de água parada em depósitos nas proximidades de nossas residências. Também devem ser utilizados repelentes que auxiliam na não ocorrência da picada, que é a forma principal de transmissão. Dessa forma a limpeza da casa com atenção principal à área externa: quintais, vasos de flores, caixas d’água ou qualquer lugar em que possa haver o acúmulo de água deve ser constantemente vigiado para evitar a reprodução do mosquito.

    Para proteger as crianças devemos sempre orientar a boa ingesta de líquidos, a constante higienização das mãos e uma alimentação balanceada com legumes, verduras e frutas frescas, de preferência após lavadas com soluções capazes de matar os parasitas de transmissão oral fecal que podem estar presentes nesses alimentos.

    Outras doenças muito comuns no verão são: otite, conjuntivite, doenças dermatológicas, intoxicação alimentar, insolação e desidratação. Para cada uma delas teremos medidas próprias e mais eficazes, mas é sempre importante lembrarmos da higienização constante das mãos, dos alimentos, evitar aglomerações, não compartilhar elementos de uso pessoal, estar sempre com o corpo bem cuidado e não esquecermos do uso de repelentes e de protetor solar durante as idas a áreas abertas, principalmente durante o dia.

    Relacionadas

    Judiciário mantém funcionamento em todas as unidades por teletrabalho

    Apesar de estar sem atendimento presencial até dia 20 de janeiro para conter avanço da Covid-19 e da Influenza H3N2, o Poder Judiciário de...

    Wellington reforça defesa de renegociação para micro e pequenas empresas

    O senador Wellington Fagundes (PL-MT) disse nesta segunda-feira, 17, que vai continuar defendendo o projeto de lei de recuperação fiscal para micro e pequenas...

    Anvisa decide hoje (19) liberação de autotestes de Covid-19

    A diretoria colegiada da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) se reúne na tarde desta quarta-feira (19) para discutir a liberação dos autotestes de...

    STF autoriza saída de Roberto Jefferson para tratamento médico

    O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a saída imediata e temporária de Roberto Jefferson do Complexo Penitenciário de Gericinó...

    Anvisa aprova uso da CoronaVac para crianças de 6 a 17 anos

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)  aprovou o uso da CoronaVac em crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. O pedido do...

    Tropas russas chegam a Belarus para exercícios de combate

    As autoridades bielorrussas anunciaram, nesta terça-feira (18), a chegada de um número indeterminado de soldados russos para exercícios de "preparação para o combate", justificando...

    Deputado propõe pena maior para quem orienta menores a praticarem crimes

    O deputado federal Valtenir Pereira (MDB/MT) quer tornar mais rigorosa a punição de pessoas e organizações criminosas que utilizam doentes mentais, índios e principalmente...

    Acusado de roubar caminhão e manter motorista por mais de 12 horas refém é preso

    Um dos autores de roubar o motorista de um caminhão foi preso pela Polícia Civil nesta quarta-feira (19), em Sinop (MT). O crime aconteceu no...

    Cantora Elza Soares morre aos 91 anos de causas naturais

    Morreu na tarde desta quinta-feira (20), aos 91 anos, a cantora Elza Soares. A informação foi confirmada em nota pela família. “É com muita tristeza...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas