O uso da camisinha como prevenção à Aids entre mulheres de 15 e 24 anos foi incentivada durante as cinco noites do Rondonfolia 2012. A equipe da Secretaria Municipal de Saúde desenvolveu o trabalho de conscientização junto ao público feminino sobre os perigos da doença e distribuiu cerca de 15 mil preservativos por noite. O secretário Valdecir Feltrin esclarece que a medida é uma resposta a recomendação do Ministério da Saúde (MS), com o tema “Se rolar, use camisinha”, que alerta para o número crescente de casos entre esse público.

“A recomendação do Ministério da Saúde é orientar as mulheres para que, depois do ato sexual sem uso de preservativo, procurem realizar o diagnóstico para detectar uma possível infecção de HIV, sífilis ou hepatite. Mas nossa principal meta é estimular o uso do preservativo. Sempre”, acrescentou Feltrin.

Leia também:  CDL Rondonópolis realiza sorteio dos prêmios do Liquidaqui 2017

Segundo a coordenadora do Departamento de Ações Programáticas, Mariúva Valentin, a Campanha teve como meta a prevenção contra hepatites virais e doenças sexualmente transmissíveis. “Muitas pessoas acham que estão livres da doença. Outras acham que ela só mata grupos específicos como os homossexuais, mas a verdade é que a Aids é uma doença terrível que não escolhe cor nem sexo”, disse.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.