Foto: Arquivo AGORA MT

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso acompanhou o relator que analisou o recurso de embargos declaratórios da defesa do prefeito José Carlos do Pátio (PMDB), o juiz Federal, Pedro Francisco da Silva e por seis votos manteve a cassação do prefeito.

Com a decisão unanime, Pátio e Marília Salles devem deixar o comando da prefeitura nas próximas 72 horas, assim que o TRE notificar a Câmara Municipal a vacância do cargo de prefeito e vice-prefeito e dar posse ao presidente da Câmara Municipal, o vereador Ananias Filho (PR).

Agora resta a defesa de Pátio tentar junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma medida cautelar, para tentar manter o prefeito no cargo até que um recurso especial, que deve ter a aprovação do TRE possa ingressar do TSE e assim tentar reverter a decisão do pleno do tribunal matogrossense.

Leia também:  Concurso trará tranquilidade e segurança a servidores da Educação, diz governador
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.