Foto: arquivo/AGORAMT

A Comissão Organizadora da 26ª edição da Cavalgada de abertura da maior festa agropecuária do Centro-Oeste brasileiro, coordenada pelo produtor Ari Torremocha Fim, acaba de abrir as inscrições para participação no desfile, que acontecerá no dia 04 de agosto próximo.

O evento, um dos mais tradicionais da Exposul, reúne anualmente mais de 2 mil cavaleiros, amazonas, comitivas, tropeiros e carreiros de carros de bois, vindos de toda a região Sul do estado.

Os interessados em participar da cavalgada, poderão fazer as suas inscrições gratuitamente, a partir do dia 02 de julho, até 03 de agosto próximo, das 7h30 às 11h e, das 13h30 às 17h, nos seguintes pontos de apoio: Selaria Jaciara, Selaria São José, Agroboi, Agro Ferragens Luizão, Agro Ração, Garcia Agropecuária e Zoofértil.

De acordo com Torremocha, a importância da inscrição é que o participante recebe um número, com o qual participa das competições internas do evento, como amazona e cavaleiro mais bem paramentado, mais idoso, mais jovem, comitiva maior e mais bem caracterizada, animal de melhor apresentação, arreamento mais vistoso, etc.

A tradicional cavalgada de abertura da Exposul representa ainda, sem dúvida, o maior estímulo de fomento comercial do setor na cidade, principalmente no que tange ao consumo de materiais de tropa (sela, arreios, tralha animal etc.), além de itens de vestuário pessoal, como botas, jalecos, chapéus e cintos.

Leia também:  Área Social é destaque em audiência pública que discutiu projeto da LOA 2018

Todos os anos, o colorido e a paixão pelo estilo rural tomam conta da comunidade de Rondonópolis e da região Sul de Mato Grosso, que se integra ao desfile de abertura da Exposul, consolidando uma tradição de 26 anos. É o maior evento do gênero do estado e um dos maiores do Brasil. É o momento em que o cidadão que tem orgulho da sua terra e da sua cultura encontra seus companheiros para homenagear, não só a cultura e a história das origens de Rondonópolis, mas valorizar o estilo de vida do interior do Brasil, com seus sotaques, comidas típicas, zelo pela natureza e respeito aos seus semelhantes.

E todo esse pessoal, se apresenta devidamente paramentado e trajado, recriando a atmosfera dos tempos antigos, quando os pioneiros em lombos de burros e cavalos, abriam e desbravavam os sertões brasileiros e o nosso Mato Grosso.
O evento marca o início do calendário festivo da Exposul, e já se configura como um cartão postal da cidade, atingindo uma dimensão tal, que a coloca entre as maiores cavalgadas do país.

Leia também:  1° Aterro Sanitário de MT é inaugurado em Rondonópolis

TRAJETO

A Comissão Organizadora do evento, ao abrir as inscrições para participação no evento, definiu o trajeto que a Cavalgada deverá percorrer este ano. A concentração acontecerá na madrugada do dia 04 de agosto, com o toque dos canhões do 18º GAC e terá lugar nos altos da Fernando Correa, região do antigo aeroporto municipal, a partir das 6h da manhã.

A Cavalgada seguirá pela Rua Fernando Correa da Costa, em direção ao centro comercial, até a Avenida Amazonas e seguindo, por esta, até a Rua Dom Pedro II. Daí o desfile irá em direção a avenida Bandeirantes, por onde seguirá até o antigo Parque de Exposições, ao lado do Corpo de Bombeiros (região da Vila Operária), onde acontecem o anúncio dos vencedores das disputas internas, a dispersão e o término da Cavalgada, num trajeto de aproximadamente 9,5 km.

TERMO DE AJUSTAMENTO

Visando preservar a segurança dos participantes e dos animais que integram a cavalgada e, atendendo solicitação do Ministério Público Estadual, o Sindicato Rural de Rondonópolis assinou um Termo de Ajustamento de Conduta TAC, com a Promotora de Justiça Joana Maria Bortoni Ninis  da 6ª Promotoria de Justiça Cível local, visando garantir a segurança dos participantes e dos animais.
De acordo com os termos do acordo, estipulado pela promotora, o TAC garante, por exemplo, que os participantes terão que apresentar um atestado de saúde do animal e não irão utilizar adornos e ornamentos que provoquem ferimentos e/ou maus tratos nos cavalos e bois (como esporas por exemplo). Também não será permitido que dois adultos montem o mesmo animal. Exceção para o caso de transporte de uma criança de até 12 anos.

Leia também:  Novas imagens mostram que camionete estava em alta velocidade

Não será permitida a ingestão de bebidas alcoólicas por parte dos participantes durante o percurso; bem como não serão aceitas inscrições e participação de carroças; O sindicato Rural terá que realizar o cadastro e numeração de todos os animais participantes, bem como, manter em arquivo a qualificação completa do responsável pelo animal.
O documento estipula ainda uma multa de R$ 10 mil reais em caso de descumprimento de qualquer uma das cláusulas acordadas, cujo montante será revertido para a utilização em projetos relacionados à sustentabilidade ambiental no âmbito do município de Rondonópolis. O acordo valerá para a edição da 40ª Exposul e as subsequentes, por prazo indeterminado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.