Uma das estações mais esperada do ano, o verão que tem início no final do mês de dezembro, exige um cuidado diferenciando com a alimentação em razão das altas temperaturas.

De acordo com Mauro Scharf, endocrinologista do laboratório Cedic Cedilab, a estação exigem que as pessoas explorem mais os alimentos naturais e leves, além da ingestão de bastante água para evitar a desidratação.

O médico argumenta que os dias mais longos e as altas temperaturas contribuem para que as pessoas transpirem mais e para conseguir manter a temperatura corporal, o que colabora para uma maior perda de água e sais que, se não repostos adequadamente, podem causar desidratação.

O especialista indica a ingestão de alimentos em pequenas quantidades e várias vezes ao dia, principalmente de carnes grelhadas, saladas cruas e sobretudo o consumo de frutas e sucos naturais.

Leia também:  Santa Casa | Rondonópolis é a 2ª cidade no MT a realizar cirurgias cardíacas

O endocrinologista sugere também um cuidado maior com o preparo e a conservação dos alimentos, principalmente os vegetais e as carnes que devem ser mantidos bem refrigerados e bem acondicionados em recipientes próprios, pois as altas temperaturas podem acelerar a degradação e favorecem a proliferação de bactérias e fungos.

Para evitar a desidratação deve-se tomar, no mínimo, três litros de líquido por dia. Os sucos naturais garantem um aporte adequado de vitaminas e sais minerais.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.