A geração de emprego com carteira assinada registrou queda no mês de maio em Primavera do Leste. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostra que no ano passado nesse mesmo período, a cidade terminou o mês com saldo positivo de 20 admissões, já em maio deste ano o saldo foi bem abaixo chegando ao resultado negativo de 111.

Em Primavera, o setor da Agropecuária foi o responsável pelo maior saldo negativo de maio. As empresas do ramo empregaram na cidade 269 pessoas, mas de contrapartida demitiram 362.

Apenas o ramo de Extrativa Mineral (12) e a Construção Civil (1) terminaram o mês contratando mais do que demitindo. Desde o início do ano em Primavera do Leste foram criados 341 empregos formais.

Leia também:  Cai 28% o número de roubo de aparelhos celulares em Mato Grosso
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.