A greve terá início a partir de sexta-feira (26) – Foto ilustrativa
A greve terá início a partir de sexta-feira (26) – Foto ilustrativa

O Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (SIDNSPEN-MT), decidiu na Assembleia Geral, realizada na tarde desta segunda-feira (22), pela deflagração da greve da categoria que terá início nesta sexta-feira (26) em todas as 65 unidades do Estado.

O delegado da sub-sede de Rondonópolis do SIDNSPEN-MT, Arilson Moreira Rodrigues, explicou que a decisão pela greve foi unanime, em razão da inércia do governador Silval Barbosa em responder as reivindicações dos agentes. “Na última mobilização foi assinado um acordo, porém o Governador não cumpriu o que prometera”, disse o sindicalista.

Arilson afirmou que antes da Assembleia Geral a comissão negociadora foi chamada para se reunir com os secretários de Administração (SAD), Francisco Faiad, e também de Estado de Justiça e Direitos Humanos (SEJUDH), Luiz Antonio Possas, oportunidade que foi proposto pelo governo do Estado um reajuste de 5% para 2014 e mais 5% em 2015. Contudo a proposta que não atendia as expectativas dos trabalhadores e foi rejeitada.

Leia também:  Detentos da penitenciária de Cuiabá cria grupo em WhatsApp para combinar crimes

A greve acontecerá a partir de sexta-feira (26) em todas as unidades do Estado e por tempo indeterminado. Somente os serviços essenciais deverão ser mantidos, as diretrizes da greve serão apresentadas até o final da tarde de hoje.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.