Diferente dos outros anos, onde só eram contratados brigadistas no período das queimadas, em 2013 uma parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente e o Ministério Publico (MP), realizam um trabalho de prevenção.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Lindomar Alves, este trabalho é uma inovação no município. “Foi contratado uma pessoa, onde a mesma fez um levantamento dos lugares onde acontece os maiores índices de queimadas. Nestes locais, será feito um trabalho de prevenção, notificando os proprietários dos terrenos, para que eles façam a limpeza, evitando assim que as chamas se propagem”, disse.

Conforme Lindomar, o bairro Sagrada Família está em primeiro lugar no ranking e possui cerca de 1.740 terrenos desocupados. “No ano passado tivemos muitas ocorrências de focos de queimadas, porém este ano, todos os proprietários de terrenos serão notificados para que limpe os terrenos evitando que alguém coloque fogo”, fala.

Leia também:  Consumidores investem em produtos criativos para presentear no Dia dos Pais

Caso um terreno não seja limpo e tiver foco de queimada nele, se o autor do ato for encontrado, ele responderá pelo crime, caso contrário, o dono do terreno será notificado, além de ter que pagar multa.

“Por isso que eu digo que é mais barato fazer a limpeza do terreno do que deixar o mato chegar em uma situação de fogo, prejudicando a saúde das pessoas, além do outros riscos que a população passa com o mato alto” ressaltou o secretário.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.