A caminhonete havia sido roubada no sábado - Foto:  Reprodução / Assessoria
A caminhonete havia sido roubada no sábado – Foto: Reprodução / Assessoria

Uma quadrilha investigada em roubos de caminhonetes foi desarticulada pela Polícia Judiciária Civil em conjunto com a Polícia Militar, no município de Mirassol D’Oeste. Cinco suspeitos foram presos, no domingo (06).

Foram autuados em flagrante por roubo qualificado: Cristiano Gama, 31 anos, Genival Alves de Souza, conhecido como “Paulista”, 39, Valdeir Hipolito, 31, Marcelo Luis da Silva, 28 e Eliano Pereira de Matos, conhecido como “Escondido”, 35 anos.

Em posse do grupo foi localizado uma caminhonete S-10 prata, com placa de Várzea Grande, roubada no dia 05 de abril, em Rosário Oeste. Segundo a vítima de 67 anos, os suspeitos a abordaram nas proximidades da Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB).

Leia também:  Polícia esclarece latrocínio de dentista com identificação de 3 envolvidos entre eles um menor

Na ação também foram apreendidos R$ 849, em espécie, uma faca, um revólver calibre 38 e 13 munições intactas do mesmo calibre.

A investigação iniciou com informação de que o veículo roubado passaria pela cidade no domingo. Depois de vigilância, os policiais conseguiram interceptar a caminhonete roubada em uma das ruas, no centro da cidade, e efetuar a prisão do primeiro suspeito, Eliano, conhecido como “Escondido”.

De acordo com o delegado, Diego Alex Martimiano da Silva, a equipe policial conhecia as características dos demais integrantes da quadrilha e fizeram uma varredura na cidade e região, vistoriando locais onde os suspeitos poderiam estar.

Os suspeitos Cristiano Gama e Genival Alves de Souza foram localizados na saída da cidade de São José dos Quatro Marcos , com destino ao município de Porto Esperidião. Os dois estavam em posse de um revólver calibre 38 com 13 munições intactas

Leia também:  Perseguição Policial | Caminhonete e semi joias são recuperadas e dois são detidos

Já os suspeitos, Valdeir Hipolito e Marcelo Luis da Silva, foram presos no terminal rodoviário do Cacho, em Mirassol D’Oeste, tentando embarcar para a Capital.

O delegado Diego Alex Martimiano da Silva ressaltou a integração entre as Policias Civil e Militar. “O destino de quem insiste nestas práticas criminosas em nossa região certamente será a prisão”, garantiu o delegado.

Arma, munições e dinheiro também foram apreendidos - Foto: Reprodução / Assessoria
Arma, munições e dinheiro também foram apreendidos – Foto: Reprodução / Assessoria
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.