A colheita de milho safrinha teve um avanço de mais de 10 pontos percentuais na última semana, mesmo assim, a colheita está atrasada em 3,4 pontos percentuais com relação à safra passada no estado de Mato Grosso – MT. As informações são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) que foram divulgadas nesta sexta-feira (04).

O avanço passou de 9,5% para 20,7% de área colhida, de um total de milhões de hectares plantados. O atraso em relação ao mesmo período do ano passado, é que na ocasião, 24,1% da área cultivada já estavam com os grãos colhidos.

A colheita de milho na região do Sudeste apresenta o maior atraso quando comparadas as safras 12/13 e 13/14, pois foi a que mais sofreu com a umidade ainda presente nos grãos do cereal no campo. A região plantou 601 mil ha de milho safrinha, mas apenas 10% foram colhidos até esta semana.

O Médio-norte é a maior região produtora do cereal no estado com o cultivo de mais de 1,4 milhão de hectares de milho. Os produtores já colheram 27,9% de suas áreas, um atraso de apenas 0,8% com relação ao mesmo período do ano passado.

O Instituto ainda informa que, para a safrinha 13/14, a produtividade média no estado é estimada em 94 sacas/ha, sendo que, dentre todas as regiões, a maior produtividade é encontrada na Sudeste, onde a média chega a 106 sacas/ha.

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.