Rondonópolis vai se transformar num centro distribuidor de combustível a partir da inauguração do terminal da empresa Raízen – fruto da junção de partes do negócio da Shell e da Cosan. A solenidade de inauguração do terminal deve reunir autoridades estaduais e municipais, a partir das 10 horas do dia 18 de março, no Parque Industrial Intermodal de Rondonópolis. Está confirmada a presença do governador de Mato Grosso, Pedro Taques, do prefeito Percival Muniz e dos secretários estaduais e municipais.

Mato Grosso e parte da região Norte do Brasil passam a ser abastecidos pelo sistema de distribuição do terminal de Rondonópolis que recebeu o investimento de R$ 60 milhões e tem capacidade para armazenar 24 milhões de litros e comercialização de 100 milhões de litros por mês, além de sistema eficiente de carregamento e descarga. “O mercado estadual ganha com a redução de custo e a garantia de suprimento. A prefeitura de Rondonópolis ofereceu apoio amplo ao projeto e acompanhou todo processo de construção do terminal”, disse o prefeito Percival Muniz.

Leia também:  Reunião discute reativação do Rede Cidadã em Rondonópolis

Stefânia Pasqualotto – secretária-chefe do Gabinete de Desenvolvimento Econômico do Município – avalia que a instalação do terminal vai gerar emprego e renda no município e tem a vantagem de reduzir o número de carretas nas rodovias que cortam o Estado, já que o combustível vai ser transportado em vagões de trens. “Isso vai diminuir o número de carretas circulando. O que ajuda a desafogar as estradas em Mato Grosso”, comenta.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.