Cerca de 50 policiais da Força Tática durante a ação de despejo - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Cerca de 50 policiais da Força Tática durante a ação de despejo – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Cerca de 52 homens da Força Tática da Polícia Militar (PM), cumprem desde às 6h30 desta terça-feira (23), uma ordem de reintegração de posse em uma área no Jardim Liberdade, em Rondonópolis. Segundo o comandante da Força Tática de Rondonópolis, Major Cândido, 19 famílias ocupavam uma área municipal de maneira irregular, sendo determinado ao município a retirada desses moradores pela Justiça Federal.

Os moradores serão encaminhados para a casa de familiares - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Os moradores serão encaminhados para a casa de familiares – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

De acordo com o oficial de justiça, Paulo Figueredo, os moradores tinham conhecimento que a ocupação era irregular e que eles teriam que deixar o local.

Segundo o Major Cândido, das 19 famílias que foram retiradas da área, 14 já foram contempladas pelo programa habitacional do governo.

Leia também:  PM que provocou confusão durante show em Rondonópolis é preso em batalhão

Desesperados, os moradores relataram a reportagem do site AGORA MT, que eles não foram informados da ação de despejo e foram surpreendidos pela manhã com os policiais e a ordem judicial.

Além dos policiais, no local também estão caminhões e funcionários da Coder dando apoio para ação, que irá encaminhar as famílias para a casa de parentes. De acordo com o secretário de governo, Eduardo Duarte, não há um programa da prefeitura para dar assistência aquelas que não tiverem familiares no município.

Ele ainda informou que a ordem de despejo já havia sido determinada desde o ano de 2012, porém não foi cumprida pela gestão anterior. E que só agora saiu uma ordem Judicial para reintegração de posse.

Leia também:  Jovem sofre tentativa de homicídio no Jardim Atlântico

 

 

Reintegração de posse sendo feita em uma área municipal no Jardim Liberdade - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Reintegração de posse sendo feita em uma área municipal no Jardim Liberdade – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Damiana diz não ter para onde ir - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Damiana diz não ter para onde ir – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

A doméstica Damiana Correa Montavana, morava com mais nove pessoas em um dos barracos à quatro anos e diz não ter para onde ir. A casa dela foi a 1ª a ser destruída. “Minhas coisas estão tumultuada no terreno da casa da minha cunhada. Tenho três filhos, netos e agora não temos para onde ir” desabafa. Damiana ainda diz que foi contemplada com uma das casas do programa habitacional mas ainda não recebeu a chave da residência.

 

ATUALIZAÇÃO

8H40 – Após a retirada dos moradores, 16 barracos começam a ser derrubados no local.

Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Derrubada dos barracos que eram ocupados pelos moradores – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.