O suplente de vereador João Moto-Táxi se filiou neste fim de semana oficialmente no Partido Social Liberal (PSL). A mudança de sigla já era esperada devido a falta de espaço que João tinha no PT, partido que ele foi militante por anos. No mês passado, o Site AGORA MT já havia divulgado a simpatia dele com o PSL, leia.

A proposta do PSL, segundo o presidente estadual do partido, Valdemir Castilho, o Biliu, para as próximas eleições municipais, é garantir pelo menos duas cadeiras no legislativo, apostando em filiados que não possuem nomes muito conhecidos na ‘praça’, entretanto, boa parte dos já filiados são lideranças que tiveram votações expressivas, como o caso de João que obteve mais de 800 votos no pleito passado. “Estamos montando uma chapa com nomes que foram candidatos em outras eleições e obtiveram bons resultados, apesar de não terem sido eleitos, mas que ajudaram muitos dos vereadores que estão legislando hoje”, afirmou Biliu.

Leia também:  Bezerra diz que se sente um "guri"
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.