Foto: assessoria
Foto: assessoria

Ocorreu nessa quinta-feira (2), no auditório da Semed, durante o dia todo, uma formação para professores, coordenadores e diretores da educação Infantil para discutir o currículo da educação infantil.

A formação faz parte de um conjunto de formações organizado para 180 professores da pré-escola que estão mensalmente na secretaria. O objetivo é trabalhar com a qualificação, dar condições para que os professores reflitam sobre a prática, pensem sobre os fazeres, conheçam mais sobre o que fazem, possam estabelecer momentos de trocas com os seus pares, socializem as experiências e as vivências das instituições e isso tudo possa transitar no universo de aprendizagem como política de formação do sujeito.

Para a facilitadora das formações, Teina Nascimento Lopes, assessora pedagógica e de formação de professores do departamento de formação continuada da SEMED, é necessário tratar dos objetivos a serem alcançados na educação infantil. “Estamos discutindo o currículo da educação infantil a partir das diretrizes curriculares nacionais. Estamos discutindo patrimônio cultural da humanidade no currículo da educação infantil e as diferentes linguagens que precisam ser potencializadas, discutidas e socializadas e aprendidas com as crianças no espaço da pré-escola”.

Leia também:  Governo entrega duas novas viaturas TrailBlazers para Patrulha Rondon
Foto: assessoria
Foto: assessoria

Para a professora Sandra Maísa Pina Borges, do 1º agrupamento do 2º ciclo, da escola Professora Evania Rodrigues da Silva, é necessário unificar o currículo para facilitar a prática na educação. “Essa formação, vem bater de frente com nossa prática, o currículo da educação infantil é trabalhado na prática, particularmente não consigo trabalhar sem estar participando de uma formação tanto na secretaria quanto na escola. Então, é necessário implantar e defender um currículo único das práticas do lúdico com as crianças”, finalizou a professora.

A reunião teve início com a apresentação de uma cantiga de roda realizada pela equipe da SEMED, como dinâmica de acolhida e como sugestão para ser trabalhada com as crianças em sala de aula.

Leia também:  Prefeitura oferece linhas de financiamento para microempreendedores
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.