31 de outubro de 2020
Mais
    Capa Destaques Justiça Eleitoral exige que Bonoto explique gastos com produção de vídeo
    IRREGULARIDADE

    Justiça Eleitoral exige que Bonoto explique gastos com produção de vídeo

    Candidato terá que explicar gastos com a produção de um vídeo em que se apresenta como pré-candidato a prefeito de Rondonópolis

    Imagem: Bonoto e vice 1 Justiça Eleitoral exige que Bonoto explique gastos com produção de vídeo
    Coronel Bonoto e o pastor Ageu – Foto: messias Filho / AGORA MT

    A Justiça Eleitoral notificou o agora candidato a prefeito de Rondonópolis Vanderlei Bonoto Cante (PRTB) para que informe no prazo de até três dias para informar quem produziu e se houve gastos financeiros com a produção de um vídeo que circulou pelas mídias sociais em que conta a história de sua vida e se apresenta como pré-candidato. A Ação de Produção Antecipada de Prova foi proposta pelo Solidariedade (SD), partido do atual prefeito José Carlos do Pátio e a notificação foi assinada pelo juiz Renan Carlos Leão Pereira do Nascimento, da 10º Zona Eleitoral.

    Na Ação, o partido de Pátio argumenta que Bonoto vinculou via plataformas digitais Instagram e Facebook um vídeo denominado “Fé na missão” em quem conta um pouco de sua história de vida e se apresenta como pré-candidato a prefeito de Rondonópolis e requere uma liminar que obrigue o candidato a informar “quem produziu os vídeos e quanto foi dispendido para tanto em cada um deles; preste esclarecimentos se houve custos extras com pessoal de apoio, bastidores, mantimentos e afins”, sob pena de pagar multas diárias.

    Em sua decisão, o juiz Renan Carlos Leão Pereira do Nascimento dá um prazo de três dias para que Bonoto preste as informações requeridas e esclareça quanto foi gasto para a produção do vídeo em questão e forneça os contratos de prestação de serviços e as respectivas notas fiscais do mesmo, esclareça quem pagou pelos gastos e qual foi a forma de pagamento, sob pena de pagar uma multa diária de R$ 1.500 caso não cumpra a notificação dentro do prazo estipulado.

    Outro lado

    Procurado pela reportagem do AgoraMT, Bonoto disse ainda não ter sido notificado oficialmente e que irá se pronunciar a respeito assim que isso acontecer.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS