24 de junho de 2021
Mais
    Capa Destaques Previstas para o próximo dia 1º, aulas presenciais em Cuiabá são adiadas
    POSSÍVEL 3ª ONDA

    Previstas para o próximo dia 1º, aulas presenciais em Cuiabá são adiadas

    Um novo decreto está previsto para ser baixado na próxima semana

    Imagem: Emanuel Pinheiro Previstas para o próximo dia 1º, aulas presenciais em Cuiabá são adiadas
    O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, que recuou da volta às aulas – Foto: Assessoria

    As aulas presenciais na rede municipal de Cuiabá, previstas para serem retomadas no próximo dia 1º, foram adiadas. O anúncio foi feito pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), nesta quinta-feira (27).

    No primeiro momento, a retomada se daria ainda pela modalidade híbrida – quando as turmas de alunos se revezam entre aulas presenciais e por meio remoto.

    O prefeito disse ter tomado a decisão, em razão do novo aumento dos casos e mortes de Covid-19 nas últimas semanas.

    “Uma coisa é certa, as aulas híbridas na rede municipal de ensino não começam na próxima terça-feira, 1º de junho como estava previsto. Vamos continuar investindo nas atividades remotas e manter nossas crianças e profissionais da educação em segurança neste momento de nova alta no risco de contágio em Cuiabá”, disse Emanuel.

    Ainda segundo ele, um novo decreto será reformulado pela Prefeitura de Cuiabá até a próxima segunda-feira (31).

    Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Educação, 86,75% dos 54.018 estudantes matriculados na rede pública municipal de Ensino de Cuiabá estão sendo atendidos por meio de ferramentas digitais e/ou através de atividades físicas.

    Terceira onda

    Em entrevista nesta semana, o secretário de Estado de Educação Gilberto Figueiredo admitiu a possibilidade de Mato Grosso já estar enfrentando uma terceira onda da pandemia da Covid-19.

    O governador Mauro Mendes (DEM) também demonstrou apreensão diante deste cenário, especialmente em razão da circulação no País da variante indiana da doença.