O secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Valdemir Castilho Soares, Biliu, acredita que o Produto Interno Bruto (PIB) de Rondonópolis cresça de tal forma que o município seja o rico do interior do Centro-Oeste, resultado dos investimentos e instalação do Terminal da América Latina Logística (ALL) e a chegada de 30 grandes empresas na região da ferrovia.

Biliu estima que no prazo de três ano o PIB do município de R$ 4,8 bilhões supere cidades como Anápolis –GO, que possui R$ 8,1de arrecadação, observou o secretário se embasando nos dados da pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que aponta Rondonópolis como uma das 100 cidades que possuem a melhor economia do país.

Leia também:  Campanha vai recolher embalagens descartadas em salões de beleza

“A ferrovia deve ser um marco no desenvolvimento do município. O Noble Group investe U$ 250 milhões na cidade, já estivemos conversando com Raízen (joint venture formada pela Shell e Cosan) que tem interesse em vir para a cidade. Com mais indústrias atraídas pela ferrovia, a expectativa é de que em três anos vamos ultrapassar Anápolis”, argumentou Biliu.

Entre 2009 e 2010, 1,9 mil grupos se instalaram em Rondonópolis, entre grandes, médias, pequenas e micros empresas. Somente neste ano foram 3.004 novas empresas na cidade. “São números que surpreendem. Outro dado importante é que as indústrias têm cada vez mais agregado valores aos produtos”, conclui.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.