Ações integradas entre as forças policiais na região de fronteira entre Mato Grosso com a Bolívia resultaram na apreensão de mais de uma tonelada de drogas este ano, dos meses de janeiro a agosto. Só de pasta base de cocaína foram apreendidos 856 quilos. Os dados estatísticos de combate aos crimes fronteiriços foram apresentados nesta quinta-feira (09), aos membros do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira (GGI-F), durante reunião no município de Cáceres.

O secretário executivo do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira, tenente-coronel PM Wankley Corrêa Rodrigues, ressaltou que a grande quantidade de entorpecentes apreendidos é resultado do trabalho integrado realizado pelas as instituições de segurança pública que operam na faixa de fronteira.

Leia também:  Operação Cerco Total inicia nesta segunda-feira (14)

Até agosto deste ano foram realizadas 120 operações integradas na região de fronteira. Foram abordadas 159 mil pessoas e 34 mil veículos, além de 670 embarcações vistoriadas. Um exemplo disso é a operação Força Tarefa, que vai para sua quinta edição em outubro. “É importante destacar que temos nas operações integradas todas as instituições de segurança atuando”, disse.

No mesmo período deste ano, os policiais recuperaram 514 veículos, entre carros de passeio, motos e caminhonetes. Houve ainda a apreensão de armas e munições. No total foram retiradas de circulação 68 armas e 1.975 munições.

Além do tráfico de drogas e o porte ilegal de arma de fogo, a evasão de divisa é outro crime fronteiriço diariamente enfrentado pelas forças de segurança pública. Em oito meses foram apreendidos 546 mil dólares e 210 mil reais.

Leia também:  Rapaz suspeito de furtar pizzaria é preso pela PM na Vila Operária

A delegada regional de Cáceres, Elisabeth Garcia dos Reis, explicou que o trabalho de inteligência de todas as forças de segurança da região de fronteira colaboraram para coibir os crimes fronteiriços e elevar os números de apreensões na região. “Os dados esclarecem as ações realizadas contra os crimes nos 28 municípios que formam a faixa de fronteira”, disse o tenente-coronel PM Wankley Corrêa Rodrigues.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.