A família paterna do menino que estava desaparecido até ontem (01) entrou em contato com a equipe de reportagem do site AGORA MT negando todas as acusações feitas pela mãe do garoto, Ana Paula Gaffo, 24 anos. A jovem registrou queixa na 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis, alegando que o ex-marido, de quem está separada a quatro meses invadiu sua casa na manhã desta quarta-feira (01) e sequestrou a criança de apenas quatro anos. (leia mais)

Conforme informações da irmã do pai do menino, Luzeni Rosana da Silva, o casal morava no estado do Rio de Janeiro (RJ) e veio passar as férias de fim de ano em Rondonópolis, quando entraram em desentendimento ocasionando a separação. Ainda conforme Luzeni, Davi Honório da Silva não invadiu a residência para pegar o garoto, ela afirma que o irmão entrou na residência sob consentimento dos pais de Ana Paula, que até entregaram a chave para ele.

Leia também:  'Boneco Doido' acusado de vários homicídios em Rondonópolis morre após trocar tiros com PM

“Meu irmão não invadiu a casa, os pais da Ana Paula entregaram a chave para ele. Eles tinham conhecimento que meu irmão iria viajar com meu sobrinho” explica Luzeni.

A tia do garoto ainda afirma que Davi foi para o Rio com objetivo de resolver alguns problemas de trabalho e vender alguns pertences, já que o casamento não havia dado certo. “Ele foi para resolver alguns problemas e levou meu sobrinho para passar um tempo com ele” pontua a tia do garoto.

A mãe de Ana Paula entrou em contato com Luzeni ainda na manhã de hoje (02) para informar que a filha já retirou a queixa contra Davi.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.