Olá Pessoal!

Novo ano, novas oportunidades! Quais serão as tendências para a decoração em 2016?
Segundo especialistas em design de interiores, teremos mudanças dramáticas. Um olhar mais sofisticado que incorpora acabamentos em couro, texturas naturais, papéis de parede e design moderno farão parte dos projetos de muitos profissionais.

O couro é a grande aposta para 2016. Com roupagem moderna e de fácil acesso, ele pode ser usado em almofadas, tapetes, mantas e outros objetos de decoração. Sua cor neutra e sua textura natural o tornam perfeito para os complementos da casa.

01

Se você quer uma decoração digna de requinte, com certeza a opção com couro na decoração é uma ótima escolha.

Na decoração, o couro firma seu lugar por sua nobreza, beleza e sofisticação. Comum em sofás, cadeiras e poltronas, esse material comprova sua versatilidade mostrando que cai muito bem, também, quando aplicado em cabeceiras de cama, tapetes, cortinas e até mesmo nas paredes.

Qualquer peça ou espaço pode receber esse material para um toque mais contemporâneo e, ainda assim, clássico.

De fácil manutenção, o couro possui outros pontos positivos: sua grande resistência e temperatura são perfeitas para aquecer e dar aquele toque de aconchego aos ambientes. Ótimo, não?

02

• O couro é bem versátil, e quando bem empregado pode servir tanto para fazer um acabamento diferente na parede quanto para revestir um móvel.
• O couro sintético é uma variável do couro. É conhecido também por couro ecológico, essa é uma opção mais em conta que a normal.

Verdadeiro ou sintético, este material marcante inspira sofisticação. Resistente, ele é ótimo para revestir poltronas e sofás, mas também faz bonito em bandejas, cabeceiras e até na parede.

COURO

O couro é um clássico. Nunca sai de moda, combina com tudo, e tem a vantagem de emprestar um ar sofisticado a qualquer ambiente, sendo acolhedor ao mesmo tempo. Dependendo do design do móvel ou de com que ele é combinado, passa de atual a retrô.

CURIOSIDADE

O couro é apreciado há muito tempo, desde o antigo Egito, por volta de três mil anos A.C. Porém, o uso do couro não era uma exclusividade dos egípcios. Muitos antes da Era Cristã, a China já fabricava objetos de couro. No Brasil, o uso do couro se intensificou com a colonização.

O sofá Chesterfield de couro é um clássico e dá personalidade para qualquer sala de estar.

04

DICA:

Assim como a nossa pele, o maior inimigo do couro é o sol. Exposto diariamente a luz solar, ele envelhece precocemente, resseca e cria rachaduras.

Para limpar, use um pano úmido com sabão neutro (sabão de coco não pode, porque contém soda), sem molhar muito o couro. Enxugue em seguida com um pano seco. Existem também produtos específicos para a limpeza de couro, que também podem ser usados.

Não é a toa que os sapateiros engraxam os sapatos: é uma maneira de proteger o couro do ressecamento. Para sofás, poltronas e outros objetos, em vez de graxa, prefiram os hidratantes desenvolvidos especialmente para couro, que podem ser usados a cada seis meses ou um ano, dependendo do uso.

Alguns cuidados também são necessários. Evite aplicá-lo em espaços sob a luz forte de sol ou lâmpada quente, pois se corre o risco de queima-lo.

Valorize-o mesclando com produtos e objetos mais frios, como vidros, aço e espelhos.

05

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.