Imagem: VAldécio e Fabrício
Valdécio e Fabrício – Foto: Reprodução

O atual prefeito do município de Dom Aquino, Valdécio Luiz da Costa (PSDB) e o vereador Fabricío Ribeiro da Silva (SD) foram condenados por improbidade administrativa ao apropriar-se do giroflex de uma ambulância da cidade. Eles recorreram da sentença, mas ainda não saiu a decisão.

Na época, Valdécio era secretário de Saúde e teria autorizado a retirada do giroflex da ambulância, que eles alegam que estava estragada.

Na decisão, o juiz Valter Fabrício Simioni afirmou que fica evidente que juntos eles desviaram o “Giroflex” de uma ambulância pública para uma ambulância particular na qual Fabrício tinha quota parte dos lucros obtidos pela prestação de serviços da ambulância para a própria prefeitura.

Consta nos autos, que o próprio Valdécio na época afirmou que no município tinha só uma ambulância, mas que ela deu defeito no câmbio e foi consertada. Que na época dos fatos tinham a ambulância da empresa que estava com o giroflex e que ela não podia funcionar naquela situação, oportunidade que pediram o giroflex e surgiu a ideia de fazer uma concessão de empréstimo, por um período determinado.

Fabrício foi condenado a dois anos de reclusão e 10 dias multas, que foi convertida em restritiva de direito. Valdécio foi condenado a dois anos e oito meses de reclusão, que também foram convertidos.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.